10 de agosto de 2020
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Nota de Solidariedade pela páscoa de Dom Czeslaw Stanula, bispo emérito de Itabuna (BA)

Créditos Pascom

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Dom Czeslaw Stanula

A Diocese de Paulo Afonso, BA, pública Nota de Solidariedade pela ocasião da partida de Czeslaw Stanula, bispo emérito de Itabuna (BA).

“Missionário Redentorista, dom Czeslaw Stanula nasceu em 7 de março de 1940, Szerzyny, na Polônia. Chegou ao Brasil no dia 12 de abril de 1972. Em Bom Jesus da Lapa (BA), ocupou as funções de Superior da Missão Redentorista da Bahia por nove anos. Foi reitor do Santuário de Bom Jesus da Lapa, pároco, vigário geral da diocese, professor do Colégio de São Vicente, diretor da Gráfica ‘Bom Jesus’ assistente eclesiástico e orientador da Congregação das Filhas de Fátima e pregador das Santas Missões Populares. Neste período, escreveu um pequeno ‘Catecismo Popular’”. (Fonte: Portal da CNBB, maio 2020)

Faleceu na noite da quinta-feira, 14 de maio de 2020.

A toda Diocese de Itabuna nossa solidariedade.

Segue a Nota:

NOTA DE SOLIDARIEDADE

 

Paulo Afonso, 15 de Maio de 2020.

 

A Diocese de Paulo Afonso, através de seu bispo, Dom Guido Zendron, manifesta pesar e solidariedade cristã ao bispo, clero, religiosos(as), seminaristas e a todos os fiéis da Diocese de Itabuna, bem como a Congregação do Santíssimo Redentor, por ocasião do falecimento de seu bispo Emérito, Dom Czeslaw (Ceslau) Stanula CSSR.

O ministério de Dom Ceslau foi pautado pelo princípio evangélico do amor ao próximo por onde passou missionário redentorista: Bom Jesus da Lapa, Salvador, depois foi nomeado Bispo de Floresta-PE (1989-1997); Bispo de Itabuna (1997-2017). Viveu para servir, com total entrega, à porção do povo de Deus que lhe foi confiado. Dentre tantas virtudes, destacavam-se: homem da comunicação, de humildade, oração, e misericórdia, e de uma espiritualidade mariana muito sensível.

Bendigamos ao Senhor por sua vida. Que seu legado continue a ressoar, aumentando seu alcance e inspirando os fiéis ao mesmo empenho no anúncio e vivência do Evangelho. Que os frutos colhidos ao longo de sua vida se tornem novas sementes a serem lançadas no solo fértil da existência humana.

Elevemos aos céus, por meio da Senhora do Socorro as nossas orações de sufrágio em favor de sua alma: Dai-lhe, Senhor, o repouso eterno e brilhe para ele a Vossa luz.

Em Cristo,

 

Dom Guido Zendron

Bispo da Diocese de Paulo Afonso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *