5 de julho de 2022
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Diocese de Paulo Afonso suspende missas e outras atividades religiosas

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Sobre o decreto

A Decisão atinge todas as Paróquias nos 20 municípios que compõem a Diocese.

 

O Bispo da Diocese de Paulo Afonso (BA), Dom Guido Zendron, publicou ontem, 18 de março, um decreto episcopal suspendendo todas as Celebrações Eucarísticas e celebrações da Palavra, Via-Sacra entre outras com a participação do povo, em todas as igrejas, nas capelas e santuários que se encontram no território da nossa Diocese, até o dia 04 de abril.

A medida, que atinge todas as 23 Paróquias e 4 Quase-Paróquias nas 20 cidades da região de atuação da Diocese, visa evitar os riscos de propagação do coronavírus. O decreto determina, porém, que todas as igrejas devem permanecer abertas, ventiladas e higienizadas para orações individuais dos fiéis. Segundo a Diocese, também estão suspensas celebrações como batismo, primeira eucaristia, crisma e matrimônios. Os padres devem permanecer em suas Paróquias, assistindo e confortando pela oração e caridade fraterna, seu rebanho.

A decisão é um avanço em relação às preocupações com os riscos de propagação do coronavírus. A Prefeitura de Paulo Afonso também publicou um decreto no dia 16 de março onde declara estado de emergência no Município e uma portaria no último dia 18 de março suspendendo a realização de eventos públicos ou particulares de qualquer natureza, durante 15 dias, prorrogáveis por igual período. A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia e o Ministério da Saúde também publicaram notas e decretos orientando as pessoas em relação aos cuidados e enfrentamentos do covid-19. No início do mês, quando Paulo Afonso ainda não registrava casos suspeitos a Diocese orientou fiéis a evitar a saudação de paz nas igrejas e receber a comunhão na palma da mão como prevenção.

Com a medida, explica o bispo, os fiéis estarão dispensados de suas obrigações, mas devem tentar acompanhar, em família, todas as celebrações pelos veículos de comunicação e das mídias sociais. O Decreto orienta ainda que as Celebrações Eucarísticas serão restritas ao padre e a um pequeno grupo de fiéis para o auxiliarem na liturgia, desde que não pertençam ao chamado “grupo de risco” (acima de 60 anos, portadores de doenças respiratórias e demais casos amplamente divulgados pelo Ministério da Saúde). Na Catedral de Nossa Senhora de Fátima, haverá transmissão da Missa todos os dias pelas Mídias Sociais (Facebook e Instagram) e transmitidas pela Rádio Bahia Nordeste no domingo às 7h30 e 19h. As pessoas não devem ir para a igreja e sim, acompanhar de suas residências. Os seminaristas da Diocese que estudam em Feira de Santana foram dispensados e ficarão com suas famílias até que a situação seja normalizada.

Dom Guido, em seu decreto, encorajou os fiéis: “É com espírito de serenidade e oração que me dirijo e saúdo a todos os fiéis da Diocese de Paulo Afonso, e faço minhas as palavras do Apóstolo Paulo, ‘por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos, leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno’” (2º Cor 4, 16-18).

 

Por Jardel Menezes – Pascom Paróquia São Francisco de Assis, Paulo Afonso (BA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.