4 de dezembro de 2020
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Padre Raimundo: “As famílias estão preocupadas com os valores que permanecem ou com os que estragam?

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
ff7bbe95-5bbf-4cfe-966b-7a0df096e0f0

A Pastoral Familiar participou das celebrações deste domingo 11, dia dos pais, para abrir a semana dedicada a ela, e/ou àquele cuja vocação foi para o casamento.

Celebrando a santa das 17h, na Catedral, Padre José Raimundo convidou os pais presentes para abençoá-los, e disse que eles eram verdadeiros heróis, “Peço parabéns e as nossas orações para esses que são os verdadeiros heróis de Paulo Afonso, os pais de família.”

Antes, refletindo o Evangelho, Padre Raimundo disse que hoje, como antes, os cristãos são ainda um seguimento pequeno, diante da imensidão do mundo. “Quando Lucas escreveu esse Evangelho, éramos pouquíssimos, mas se formos analisar os tempos de hoje, não somos muitos também não. Eu não posso ficar animado com a Catedral cheia, se for pensar quantos católicos no dia de hoje estão inseridos nas nossas pastorais, nas comunidades, nós continuamos sendo um pequenino rebanho e não podemos desanimar, porque foi nos dado a graça de ter sob a nossa responsabilidade o reino de Deus.

“O reino de Deus é nos apegarmos aos valores que permanecem”

“Nessa missa que dedicamos às famílias, vamos fazer uma pergunta: a nossa família está se preocupando, primeiramente com os valores que permanecem?, ou com os valores que se estragam?; como a gente vive em casa? Nós estamos gastando o nosso tempo, o nosso suor, o nosso temperamento e as nossas emoções tendo em vista o amor, à partilha, à acolhida e o perdão?; ou os valores que o ladrão rouba e a traça come? Onde se encontra meu coração?

Encerrando a homilia, Padre José Raimundo pediu que os católicos evitassem o comportamento abusos. “Quando a gente aproveita de tudo que a vida nos oferece invade o limite do outro, invade todas as liberdades inclusive do planeta, feliz aquele que estiver de prontidão para quando o Senhor voltar.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *