4 de dezembro de 2020
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Fundador do Movimento Laços de Amor Mariano, o colombiano Jaramillo, visita o Brasil pela 1ª vez

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
234355fd-fd68-431b-bcb3-69649cb38200

PAULO AFONSO – Estando no Brasil pela primeira vez, o fundador do movimento Laços de Amor Mariano, o colombiano Rodrigo Jaramillo, esteve na diocese Paulo Afonso, por quatro dias para visitar a localidade onde nasceu o movimento no Brasil.

Foi recepcionado no aeroporto por missionários pauloafonsinos do movimento que demonstraram muita alegria em recebê-lo entoando o hino do movimento e bradando saudações como “Quem como Deus?”,  sua programação em Paulo Afonso, que há sete anos acolhe o movimento nascido na Colômbia,  há duas décadas, começou na sexta-feira com um evento promovido pelo próprio movimento que teve como tema: “Consagrado recorda teu chamado”.

Aberto para todo o público e ocorrido no salão da paz da Igreja São Francisco, houve celebração eucarística, teatro, pregação e oração acerca da espiritualidade do movimento pautada na Consagração Total a Jesus por Maria pelo método de São Luís Maria de Montford.

No sábado e domingo, houve um retiro com os missionários do movimento no Centro Comunitário Diocesano em Glória. Na segunda, o fundador participou da Santa Missa na Catedral, presidida por Dom Guido. O bispo, enfatizou a importância de um carisma para a Igreja e convidou Rodrigo para expressar algumas palavras.

O fundador do movimento expressou sua alegria pela acolhida com que a igreja local acolhe o movimento e como o mesmo tem contribuído para transformar a vida de inúmeras pessoas e em especial de jovens tanto de Paulo Afonso quanto do mundo inteiro.

“O movimento possui hoje, desde o Canadá até a Argentina, cerca de 13.000 missionários. 1.300.000 já vivenciaram os nossos retiros espirituais. Desejo que esta semente aqui plantada, se difunda pelo Brasil inteiro”. Assim concluiu Rodrigo.

Dom Guido ainda expressou seu apoio a todo carisma que esteja em comunhão com a Igreja e o desejo, como pastor diocesano, que todas as pessoas da diocese possam por meio dos diversos movimentos, pastorais, carismas e paróquias terem um encontro pessoal com Jesus Cristo. Por fim, o bispo ainda brincou: “Ainda bem que ele não é argentino.” Rodrigo segue nesta terça para a localidade de Aracaju onde o movimento, depois de Paulo Afonso, foi fundado no Brasil.

 

Por Laços de Amor Mariano.

2 Comments

  • Olá Boa noite! Salve Maria Santíssima!
    Sou de Jundiaí interior de São Paulo e sou consagrado a nossa senhora pelo método de São Luís Maria Grignion Monfort desde de 1999. Estou muito interessado em fazer parte do movimento. Mas preciso saber como fazer. Aguardo um retorno de vocês assim que puderem. Obrigado. Um forte abraço. Salve Maria Santíssima

    • Olá, Luiz, sugiro que você procure uma Paróquia mais próxima de onde você mora, ai em Jundiaí e busque se informar na Secretaria da Paróquia ou mesmo com o padre.
      Grato pelo contato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *