Paróq. de N. Sª do Bom Conselho – Cícero Dantas

header background

A região onde está localizada a cidade de Cícero Dantas tem uma história que se perde no tempo. Antes da chegada dos colonizadores, era habitada por povos indígenas cujos registros históricos não chegaram até nossa época. É possível, entretanto, inferir suas presenças pelos achados arqueológicos e pela existência em lugares não muito distantes de diversas aldeias e aldeamentos indígenas.

Foi somente no início do século XIX que Bom Conselho tornou-se freguesia sob o nome de Freguesia de Nossa Senhora do Bom Conselho dos Montes do Boqueirão, por meio do Alvará Régio de 27 de setembro de 1817. Em 1812 o Frei Apolônio de Todi construiu a capela da Santa Cruz, esta ao lado de um antigo cemitério conhecido por Cacunéia. A primeira comunidade de civilização branca, onde hoje se ergue Cícero Dantas, foi obra das entradas que se embrenhavam no sertão da Bahia, à procura de metais preciosos e de novas terras para o desenvolvimento agrícola e pecuário.

O município criado com território desmembrado de Jeremoabo, e denominação de Bom Conselho, por Resolução Provincial, de 9 de Junho de 1875. Em 1905, recebia o nome de Cícero Dantas. Foi extinto em 1931 e anexado a Paripiranga. Restaurado, com território desmembrado de Paripiranga por Decreto Estadual de 27 de Maio de 1933. A sede, criada com a denominação de Nossa Senhora do Bom Conselho dos Montes do Boqueirão, por Resolução Régia de 27 de setembro, foi elevada à categoria de cidade em 30 de Março de 1938.

O nome “Cícero Dantas” somente foi introduzido em 1935 quando o governo da Bahia resolveu homenagear o Barão de Jeremoabo, Cícero Dantas Martins.
Nome do Padre da Paróquia
Padre da Paróquia
Telefone:
75.3281.4268
Email:
padre@diocesedepauloafonso.com.br
Aqui em breve você será exibido um breve histórico do Padre desta paróquia, com informações do seu histórico e mais detalhes caso precise entrar em contato com o mesmo. Aguarde e entre contato com os dados informados acima. Leia Mais