Artigos, Textos e Notícias

header background
16 de julho de 2017 - 20:14 - Postado por Ivone Lima

Pe. Jailton celebra missa de encerramento da pré-missão 2017. ‘A palavra de Deus sempre se realizará’

Pe. Jailton (coordenador diocesano da Pastoral Missionária), presidiu na manhã deste domingo (16), a santa missa de encerramento da Pré-missão Diocesana 2017, havida durante toda a semana, na paróquia de São Francisco de Assis, em Paulo Afonso.

Concelebrada pelos padres Ednaldo e Roni, a missa de despedida propiciou um momento para também avaliar o trabalho dos missionários, agradecendo-os pela disponibilidade, empenho e alegria de caminhar esses dias, quer na via urbana ou rural, ao sol ou chuva, levando um abraço, uma palavra amiga e de esperança a tantas pessoas encontradas em circunstâncias diversas.

Pe. Jailton sobre a pré-missão: ‘Semeei primeiro, para que Deus faça brotar depois’.

Sobre a missão, Pe. Jailton observou: “O Evangelho só precisa ser lançado, então não se preocupem agora se as comunidades vão acolher aquilo que vocês plantaram, se os projetos vão dar certo em cada uma delas, semeei, semeei, a tarefa de fazer brotar é sempre de Deus.”

‘A palavra de Deus sempre se realizará’

Pe. Roni, diácono Pedro, e o seminarista Ermânio.

“Por mais que seus olhos agora não contemplem, por mais que tudo pareça o contrário, o que Deus prometeu irá realizar. Eu sei que é difícil a gente acreditar (…), mesmo quando tudo parece perdido a palavra de Deus chega para nos animar, para cumprir o seu papel gerar à vida esperada, para isso nós precisamos ser esse terreno bom apresentando por Jesus no Evangelho, que dá trinta, quarenta e sessenta e sete, isso quer dizer por semente, que oferece ao mundo algo capaz de nutrir a vida Dele, está é a missão da Igreja, e foi isso que os trouxe aqui, de longe, muito longe.”

Agradecimentos

Missa de despedida da pré-missão diocesana 2017.

Finalizando, Pe. Jailton apresentou os missionários começando pelos membros das Novas Comunidades, os leigos, as religiosas e seminaristas e também algumas pessoas que representaram a equipe da paróquia de São Francisco, que ajudaram na alimentação e acolhimento de todos.

“Nós precisamos tomar essa consciência da força que temos e da carência que o mundo tem de nos ouvir (…), quando vamos a esses lugares tristes ou sem esperança, devemos ter essa força e para isso nos prepararmos. Agradeço a todos por esses dias que vivemos aqui”, disse Pe. Ednaldo.

Avaliação

Felizmente os missionários se disseram satisfeitos tanto com o trabalho que conseguiram fazer, como a condução da pré-missão organizada pelos padres Jailton e Ednaldo (anfitrião), são muitas as histórias para contar e a boa perspectiva para a volta, no próximo ano.

Novas Comunidades.

Leigos – salientando que muitas já haviam retornado para as suas respectivas casas.

Religiosas.

Seminaristas.

Equipe paroquiana representada.

Pe. Ednaldo.

 

Pascom

Sobre o autor

Recentes Post

Comentários

Sem Comentários

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>