Artigos, Textos e Notícias

header background
16 de março de 2017 - 09:32 - Postado por Ivone Lima

Bispos do Regional Nordeste 3 participam da Assembleia do CONSER

Os bispos que compõem o Regional Nordeste 3 da CNBB estão reunidos desde a última segunda-feira, 13, na Assembleia do Conselho Episcopal Regional (CONSER). O encontro que se encerra nesta quarta, 15, priorizou a reflexão de documentos importantes para a Igreja na atualidade, avaliação da realidade social brasileira, bem como assuntos administrativos das Dioceses.

Os bispos que compõem o Regional Nordeste 3 da CNBB.

Com a participação de todos os membros do episcopado Regional, as atividades foram coordenadas pelo presidente do Regional e bispo de Camaçari, Dom. João Carlos Petrini, e pelo secretário geral e bispo auxiliar de Salvador, Dom. Gilson Andrade da Silva.

O bispo auxiliar de Salvador, Dom Estevam Santos, apresentou à Assembleia o Documento preparatório para o Sínodo dos Bispos 2018, intitulado “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”.  Ele e Dom Gilson, que é o bispo referência para a Pastoral Vocacional no NE3, também refletiram sobre a juventude e as vocações. Os bispos diocesanos discutiram também sua realidade, desafios e alegrias nesta importante área.

Outro ponto que vem sendo amadurecido pelos bispos e que foi retomado nesta Conser, é o tema dos leigos na vida da Igreja. Dom Mauro Montagnoli CSS, bispo da Diocese de Ilhéus, preparou e apresentou um resumo dos principais documentos da CNBB, sobretudo o doc. 105 sobre a temática. Falando sobre formação das lideranças leigas com base na Doutrina Social da Igreja, Dom. Mauro enfatizou que a comunidade cristã é a responsável pela formação do laicato, tanto o clero quanto as lideranças leigas. Ou seja, é uma atividade compartilhada.

“Muitas vezes somos frágeis na formação do laicato, fracos. É preciso que haja uma formação permanente e atualizada. A Igreja precisa se preocupar com isso e perceber que os leigos não são objetos da formação, mas sujeitos ativos”, ressaltou.

Os demais bispos agradeceram as reflexões de Dom Mauro e também destacaram aspectos de sua realidade. Dom Armando Bucciol, bispo de Livramento de Nossa Senhora, destacou a seriedade que devemos ter com a formação de nossos leigos:

“É preciso que haja um envolvimento efetivo dos leigos, padres e do próprio bispo. Em Livramento, temos a escola de teologia. É uma experiência eclesial muito forte e tem dado resultado há anos, apesar de muitos desafios. Necessitamos de uma formação contínua com participação de todos”.

Nas comunicações, o bispo de Serrinha (BA) e referencial para a Pastoral Carcerária no Regional, dom Ottorino, falou sobre a carta enviada pela Pastoral Carcerária do NE 3 ao Governador da Bahia denunciando a situação dos presídios e presidiários no estado.

Dom. Ottorino falou sobre como foi o encontro com o Secretário de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia. Ele apontou os principais desafios da situação carcerária no estado e a preocupação de que acontecessem aqui as rebeliões e mortes que, infelizmente, ocorreram em outros estados brasileiros no início deste ano.

O Conser será encerrado nesta quarta com a discussão sobre o ministério do acolitato e dos coroinhas no Regional, bem como sobre o Ano Mariano no Brasil, proclamado pelo papa Francisco por ocasião dos 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Publicado por em 15, março 2017

Sobre o autor

Recentes Post

Comentários

Sem Comentários

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>